Férias no Rio de Janeiro

07/03/2013

Estou enrolando desde que voltamos de viagem pra montar os posts (quero fazer um para cada lugar visitado)… Na verdade tinha planejado fazer os posts no próprio dia do passeio, a noite, no hotel… Hahahaha! Só rindo né… Chegávamos moídos! Não tínhamos força pra fazer nada! #FAIL

E agora juntando fotos de celular, câmera digital e analógica (um pouco mais de 1000 fotos) – edita e organiza tudo como? O_o

Vou fazer um resumão geral neste post e depois com a força suprema vou escrevendo os demais! :)

Ficamos pouco tempo no Rio, do dia 22/02 até o dia 27/02 – se não tivesse tão quente, teríamos aproveitado melhor. Mas com o calor, poderia ter acrescentado mais dois dias. Queria ter conhecido outras praias e visitado uma exposição (que acabou ficando de fora do roteiro).

Arcos da Lapa Arcos da Lapa

Nossa viagem começou no dia 22/03 a tardinha. Voamos de azul para o RJ e desembarcamos no Santos Dumont. Quando desci do avião já tive dificuldade de respirar. Gzuiz! Era um legitimo calor dos infernos! Hueheueh! TODOS os dias que estivemos lá, foi calor e mais calor. Muitos dos passeios acabamos fazendo meio as pressas, pois não tinha condições de ficar no sol. Eu acho que escolhemos a melhor semana do ano pra ir – só que não! :)

No Avião

Ficamos num hotel bem simples (Itajubá) – como a viagem foi de última hora não conseguimos escolher muito – acabamos ficando no hotel onde o more se hospeda quando vai lá a trabalho. O melhor é que ele fica no centro, pertinho do Theatro Municipal, tem vários lugares legais para comer perto, estação de metro, starbucks, livraria cultura, confeitaria colombro, dá pra ver o Pão de Açúcar – e o mais incrível – tem um laboratório que revela no processo E6 a 3 minutos de lá! Hahahaha! Exatamente o que eu precisava! :P

Museu Nacional de Belas Artes Museu Nacional de Belas Artes

Theatro Municipal do Rio de Janeiro Theatro Municipal do Rio de Janeiro

Só fiquei meio chocada com os preços! Não tem hotel barato lá! Os melhorzinhos a diária parte de R$ 200,00 (melhorzinhos que falo é que tem ao menos ar condicionado e uma localização aceitável).

No sábado dia 23/02 fomos até a Lomography Gallery Store (estava doida pra conhecer a loja!) – pois tinha me inscrito para fazer um Workshop de Processo Cruzado com a Diana F+. O legal é que a parte prática foi na praia de copacabana! A loja é LINDA, dá vontade de trazer metade das coisas junto! Tirei algumas fotos pra montar um post! :)

Workshop Processo Cruzado com a Diana F+ Dianas

Praia de Copacabana Praia de Copacabana (foto tirada com a Diana F+ usando o splitzer)

Depois do workshop e de um belo almoço no Siqueira Grill, pegamos um táxi e fomos conhecer o Forte de Copacabana!
Lugar com uma vista incrível! <3 Forte de Copacabana Forte de Copacabana

À noite fomos no Botafogo Praia Shopping e jantamos no Tiramisú – a vista era incrivelmente linda! Saborear uma pizza à francesa com a lua na cabeça e a praia ao lado – do 8º andar – é tudo de bom! Ficou até meio poética a frase! Hahaha! Mas foi muito legal mesmo!

No domingo dia 24/02 foi dia de tomar café no Parque do Lage. Chegamos derretendo lá (foi preciso pegar metrô e taxi). Chegamos um pouco tarde (um pouco depois das 9hs) e daí já tinha fila de espera… Demorou cerca de 1 hora para sermos atendidos. Mas valeu pelo café, pela experiencia e pela vista linda. <3 Parque do Lage D.R.I. Café Du Lage

Saímos do café e fomos direto para o Jardim Botânico (dá pra ir caminhando – cerca de 20 minutos).

Esse foi um passeio que teria deixado de fora. O parque é lindo sim, mas não tem muito o que fazer lá, a não ser sentar e admirar o verde! :P
E como é enormeeeeeeeee, precisa de uma boa caminhada pra conhecer tudo. Nós acabamos dando uma volta curta e tchau! :P

Jardim Botânico Jardim Botânico

A noite, fomos no Shopping RioSul e jantamos no Outback. Que shopping mais quente e mais confuso! Mas valeu pra poder conhecer a M.A.C. e comprar um batom que queria a tempos e conhecer a Sephora e comprar meu novo perfume favorito! :P

Na segunda dia 25/02 foi o dia de conhecer as duas maiores atrações – o Corcovado e o Pão de Açúcar.
Acho que escolhemos um dia ruim pra ir, pois tinha MUITA gente, mas MUITA gente mesmo – na verdade tinham várias excursões gringas! :P

O Cristo Redentor confesso que me decepcionou um pouco – achei que era BEM MAIOR. É um lugar que não iria novamente. Sem contar que o atendimento é péssimo. Pelo menos todas as pessoas por quem passamos estavam num mau humor incrível! E era um empurra-empurra, falta de edução, espera sem fim – credo!

Cristo Redentor Vista do Cristo Redentor

Agora o Pão de Açúcar foi AMOR! Quero voltar lá mais e mais vezes. O Morro da Urca é lindo, cheio de sombra, lugares pra sentar, comer, beber… Vistas lindas! <3 Fiquei algumas horas sentada na sombra - ao lado do amor da minha vida - suspirando e agradecendo por toda aquela vista que estava ali na minha frente. Acho que só quem vê de perto consegue sentir o que aquele lugar transmite de tranquilidade e beleza... Nenhuma foto capta isso, infelizmente. Pão de Açúcar Vista do Morro da Urca

Voltamos para o hotel muertos! Descansamos e saímos para conhecer a Lapa (em torno de 15 minutos de caminhada) – estava doida pra ver de perto a Escadaria Selarón. É linda!!!

Escadaria Selarón Escadaria Selarón

Depois de conhecer a escadaria teve ida a mais um Starbucks (perdi a conta de quantos visitei kkkk) e a Confeitaria Colombo – famosa pelo seu “charme” e pelo mau atendimento! Rsrsrsrs!

Na terça dia 26/02 foi dia de ir para Niterói conhecer o MAC. Andei de Barca pela primeira vez e achei o máximo! Hahahaha!

Barca Rio-Niterói Barca Rio-Niterói

Barca Rio-Niterói Barca Rio-Niterói

O MAC tem uma arquitetura incrível, uma vista linda também… Mas acho que não vale o passeio. Não tem lugares pra sentar, as obras (me desculpem os artistas) não eram suspirantes… Pra voltar é difícil conseguir taxi (acabamos pegando um ônibus de linha que acabou lotando…). Sufoco a 38° graus! :P

MAC MAC Niterói

MAC MAC Niterói

Aproveitamos que estávamos em Niterói e almoçamos no Plaza Shopping antes de voltar para o hotel. Risoto de camarão no Parmê é bom e barato! :)

À noite resolvemos entrar na livraria cultura que ficava a 2 minutos do hotel… Pra que né? Acho que é a livraria mais legal que já fui. O ambiente lá é sensacional… E a gente não conseguia parar de pegar livros! Hahahaha! Compramos alguns, voltamos para o hotel, saímos pra jantar (Monte Gordo Galeto – ambiente legal e comida bem boa) e depois do jantar fomos lá novamente! Hahahaha!

Fazer o que se o restaurante ficava na frente da livraria né?

Livraria Cultura

Sabe o que é poder sentar perto das 21hs e ler um livro em uma livraria? Pois é – MUITO LEGAL. Nessa segunda visita levei o celular e tirei algumas fotos pra montar um post! :P

Falando no geral – achei a sinalização dos lugares um pouco fraca! Ainda mais para uma cidade turística. Nós chegávamos em lugares como o Trem do Corcovado e quase não tinha placas para onde ir, onde esperar – sempre tínhamos que estar perguntando tudo (e foram poucas as pessoas que nos ajudaram com bom humor). Em muitos lugares ficávamos “perdidos”… Tendo que descobrir pra que lado ir… Para quem está visitando pela primeira vez a cidade (meu caso) é meio tenso! Rsrsrsrs!

Mas tenso mesmo foi a nossa volta! O nosso voo era as 14hs e foi cancelado. Tivemos que trocar de companhia aérea e de aeroporto! Maior caos! Chegamos em casa só as 21hs! E por conta disso, tivemos que dormir mais uma noite longe da Mel! :(

Rio de Janeiro

A viagem rendeu algumas xícaras para a coleção! Haha! Não podia faltar né?!
Em breve elas começam a aparecer na tag “xícara do dia“!

Bom, essa foi nossa primeira viagem de férias juntos, em 11 anos! Então valeu tudo! :)
E escrever esse post no primeiro dia que o more voltou a trabalhar, sentada no escritório sem vista nenhuma é deprimente! Hueheueheueh!
Dá pra voltar para o dia 22/02? :P

Pretendo fazer posts separados de cada lugar, com mais fotos, informações, endereços e valores!

Comentários!
  1. Eu fui no Rio ano passado, fiquei do dia 14 ao dia 28/02 e eu simplesmente AMEI cada minuto que passei lá. Não fui em vários lugares que você foi (meus passeios eram mais praia mesmo… rsrs).

    Não fui no Jardim Botânico (só passei por lá), no Pão de Açúcar (nem teria coragem de andar de bondinho, eu acho). Queria muito ter ido na Confeitaria Colombo, ouço tanto falarem de lá… e queria ter ido na Quinta da Boa Vista, acho que você ia gostar também, dizem que lá é ótimo para tirar fotos!

    Quanto às pessoas que “cruzei” por lá todas eram bem atenciosas, tanto que comento até hoje: o povo do Rio é muito educado e prestativo… pelo menos os que eu encontrei, tinha gente que quando a gente (eu e o namorado) pedia informação só faltava levar a gente no lugar!

    E quanto ao calor, é demaaais mesmo, eu peguei 39º e só faltava morrer… rsrsrs

    Beijo Mari!

    • Mari (Responder)
      08/03/2013

      Adriana,

      O pessoal da praia é realmente muito simpático! Foi uma pena que não conseguimos ficar muito tempo lá.

      Gostei muito da viagem, nos lugares “privados”, como lojas, livrarias, restaurantes e pessoas nas ruas – não tenho do que reclamar, atendimento super bom… O tenso mesmo foi nos pontos turísticos – única e exclusivamente no Cristo Redentor pra ser mais exata. Eu acho que estava esperando “demais” do lugar sabe? :P

      Eu achei que teria medo de andar de bondinho também, rsrsrs, mas é super gostoso e tranquilo – e depois que você faz a primeira parada é simplesmente incrível o lugar – vale a pena “enfrentar o medo”! :)

      Fiquei com vontade de conhecer a Quinta da Boa Vista agora! Com certeza vai entrar no próximo roteiro!

  2. Lolla (Responder)
    07/03/2013

    Mau atendimento e grosseria no Rio são normais. Minha cidade, mas é verdade. Desacostumei mesmo de lidar com a má vontade de todo mundo. Eu AMO o Jardim Botânico, mas tem que visitar com tempo (e em clima fresco) para ver as exposições de flores, as partes históricas, as plantas especiais, as vistas… Eu gosto muito do Praia Shopping (que a gente chama de ESCADA shopping porque ele tem muitos andares), principalmente por causa da vista e por não ser lotado. Esse café no Parque Lage é amor, mas tem que chegar cedo mesmo. Próxima visita suba a serra de Petrópolis e de Teresópolis, de preferência de ônibus que é mais alto (e com ar condicionado). Beeeem mais fresquinho lá em cima, o caminho é lindo e Petrópolis, por ter sido a nossa cidade imperial, é uma graça. :)

    • Mari (Responder)
      08/03/2013

      Lolla,

      A gente só foi mal atendido mesmo no Cris Redentor! Lá é extremamente tenso… Hahahaha! Eu acho que é pela quantidade de pessoas, maioria de fora – não sei. Mas nos lugares mais privados sempre tivemos um bom atendimento. :)

      O Jardim Botânico realmente, precisa de muito tempo pra visitar, pois a caminhada é longa – a gente estava meio cansado já, por isso não conseguimos aproveitar. É um programa que precisa ser feito num dia inteiro e “não encaixado” com outras coisas! Rsrsrsrs!

      Eu não lembro agora se é em Petrópolis ou Teresópolis que tem um museu – ou se me perdi nos nomes das cidades! Haha! Queria ter ido conhecer (sei que tem algumas fotografias de “gelatina” lá)… Mas não deu tempo! :(
      Vão ficar para a próxima vez com certeza!

  3. Rezinha (Responder)
    07/03/2013

    Estava esperando esse post, rs!!
    Tenho férias em maio e o RJ era uma das minhas opções… Vc fez vários passeios que eu gostaria, praticamente o roteiro que eu faria, rsrs… Mas esse lance de mau atendimento me deixa de bode ¬¬… Aqui em SP o atendimento é impecavel em quase todos os lugares, aí qdo viajo sinto muito isso, as vezes me deixa até de mau humor! Enfim, ainda estou a procura de uma cia, pois não curto viajar sozinha… Mas já anotei as dicas, esperando pelos próximos posts da viagem! =D

    • Mari (Responder)
      08/03/2013

      Rezinha,

      Pior que pensei em você enquanto escrevi mesmo! Hehehehehe!
      Vou tentar fazer todos os posts antes de maio então! :P

      Bola um roteiro legal para SP? Hahaha!
      Só sei que quero conhecer a Liberdade, ir naquela nova loja japa que abriu que é cheio de tranqueirinhas e não me lembro o nome agora, mas é um lugar que tem eletrônicos mais baratos! Ahh e quero ir naquele parque enorme que também esqueci o nome! Hueheueheeh!

  4. Rezinha (Responder)
    07/03/2013

    Mari, vem pra SP! =D

  5. Rafah (Responder)
    08/03/2013

    Mari fui ao Rio tem muiiiiiiiiiiiitos anos, nem me lembro mais de muita coisa, minha irmã foi ao passado e gostou bastante, eu tenho alguns parentes lá.
    Nas suas próximas ferias te convido a conhecer meu estado, prometo que se vier serei sua Guia turística rsrs~ o curso que fiz (e não terminei) me fez aprender a fazer trade tour ;D vem para Sergipe!

    • Mari (Responder)
      13/03/2013

      Opa Rafah!!! Vou querer guia sim! Mais aí deve ser quente pacas né? Ou não?!

  6. Rezinha (Responder)
    11/03/2013

    Acho q minha viagem pro RJ nem vai sair, minha última opção de cia é minha mãe, mas aí terei que ir de ônibus pois a mãe tem medo de avião. =/

    Muita gente não recomenda turismo em SP, eu sou super suspeita pra falar pq amo minha cidade, acho que SP compensa a falta de belezas naturais com um roteiro cultural e gastronômico super rico!

    A Liberdade eu recomendo, tem vários mercadinhos japas além de artesanato e produtos típicos. A loja japa que vc disse é a Daiso, mas ela não fica na Liberdade, fica no centro e não vende eletrônicos… O legal de lá é que vende produtos exclusivos, importados do Japão… Mas o estoque tá sempre desfalcado, tem até fila pra entrar, tá fazendo um super sucesso por aqui. Os eletrônicos são baratos na Sta. Ifigênia e no Shopping 25 de Março, mas é tudo sem nota, tem que analisar bem se vale a pena! Parques tem vários, vc deve estar se referindo ao Ibirapuera, que é o mais conhecido (e mais cheio), mas tem outros legais como o Jd. Botânico que eu amo!!! Tem muitos museus tb, pra todo tipo de gosto, tem o Masp, a Pinacoteca, o Museu da Língua Portuguesa e muitos outros… Fora a rua 25 de março que é uma perdição pra quem gosta de bijuteria e artesanato, super muvuca, mas meu lugar preferido da cidade. Só não recomendo vir no verão, pois chove muito a cidade alaga e o trânsito dá um nó. =(

  7. Nem me fale, fui pro Rio já em seguida que tu voltou e apesar do pouco tempo que fiquei, gostei. Fiquei hospedada num hotelzinho na Lapa, por aquele preço ali que tu falou (carinho, né?) e aí conheci o Teatro Municipal (que coisa mais linda!), mas o ponto alto foi conhecer o MAR – Museu de Arte do Rio que inaugurou naquele final de semana. Quero voltar para conhecer o Pão de Açúcar e demais locais que tu citou. Falta é tempo, né? Hehe!

    Beijocas!

  8. Rafaella (Responder)
    16/03/2013

    É quente mas não tipo o Rio, meus familiares do Rio que já vieram passar ferias aqui dizem que o calor nem se compara, assim como uma amiga minha que é dai do RS e mora aqui há uns 4 anos diz que aqui é bom porque tem calor com vento e ai é só calor rsrs ~

    Querendo conhecer será bem vinda, eu nem gosto de mostrar e contar a história do meu estado e da minha cidade rsrs, a propósito também sou estudante de história (falta apenas um período para terminar o curso), então sua visita terá um conteúdo bem histórico, se quiser claro! ;)

  9. Lucia (Responder)
    28/04/2013

    Estou indo ao Rio próximo dia 13 para o show de Charles Asnavour no teatro municipal, gostaria de saber se desse hotel posso ir para o teatro tranquila! Ou é as 11/12 horas da noite é muito perigoso? Obrigada.

    • Mari (Responder)
      29/04/2013

      Lucia,

      Eu achei super tranquilo!
      O o hotel é pertinho do teatro e sempre que passeamos por lá tinha bastante segurança (policiais por perto).
      E acredito que quando tem evento lá, a segurança deve ser bem maior! E o movimento também! :)