O Medo de Mudar!

08/11/2011

Nos 10 anos em que More e eu estamos juntos já aconteceram muitas coisas…

O Medo de Mudar!

Depois de muito tapa na cara, problemas e uma vida hiper difícil, conseguimos uma vida mais tranquila, digo, estabilidade financeira.
Trabalhamos muito pra poder manter um certo nível de vida, mas posso dizer que está tudo indo super bem agora. Finalmente.
Pois antes mal tínhamos dinheiro para as contas no mês, não tínhamos carro e nem moradia própria (era alugada)… Ir no cinema e comer fora eram coisas impossíveis de fazer… Era tudo muito difícil mesmo.

O que ocorre é que moramos longe das nossas famílias (a dele é de Venâncio Aires e a minha é de Santa Cruz do Sul), e sempre que conseguimos uma folga vamos passar o final de semana com eles e toda vez que a gente viaja dá aquela saudade da vida no interior, sabe?
Tudo muito simples, mais barato, casa, pátio, cachorro, churrasco…

E para completar, minha sogra tem duas casas disponíveis, com pátio grande, gramado (o meu sonho de vida)… Poderíamos reformar uma delas do jeito que a gente quizesse!

O Medo de Mudar!

E agora bateu uma vontade enorme da gente vender o nosso apto pequeno aqui e comprar uma dessas duas casas e ir morar por lá de novo… Além da qualidade de vida ser melhor, estaríamos perto da família…!

O único porém é o trabalho do More (que é em Porto Alegre hoje)… Mas já conversamos várias vezes sobre ele trabalhar em casa também, e fazer os sites e programações junto comigo… Assim poderíamos abrir a “nossa empresa” e conseguiriamos pegar mais trabalhos de uma vez e também teríamos o nosso próprio horário.

Hoje para ir para o trabalho ele depende de lotação e de um trem que está sempre super lotado e ainda precisa caminhar um bom pedaço. Almoçamos separados (gastamos o dobro por conta disso) e nos vemos somente a noite.

O Medo de Mudar!

Estamos com uma dúvida GIGANTESCA… Seria uma mudança enorme nas nossas vidas… Hoje de certo modo temos privacidade e temos muitas outras opções morando praticamente na capital…
E o medo da gente se mudar e se arrepender? Ou de não conseguir trabalhos suficientes para manter o mesmo nível de vida que temos hoje?
Tem muitas coisas boas e tem muitas coisas ruins, e não estamos conseguindo pesar pra ver o que é mais importante.
Eu tenho receio e medo de me arrepender…

O condomínio em que moramos hoje tem mais de 600 apartamentos, tem barulho o dia todo, eles não pegam meus pacotes registrados dos correios… Tem N coisas que eu não gosto…
E sempre gostei de morar em casa, ando doida por um pátio só meu, para poder ter cachorros, poder sentar e tomar um chimarrão de baixo de uma árvore, voltar a ter uma horta… Coisas que não são possíveis de fazer morando por aqui.

O Medo de Mudar!

E talvez eu goste tanto dessas coisas porque eu não tenho mais elas… E por isso dou tanto valor agora… E se começar a ter tudo isso de novo e enjoar? Ficar com saudades da vida por aqui que é completamente diferente?
Sei que vou sentir a maior falta do mundo de ir no shopping e no cinema a noite, de ir nos hipermercados… Coisas que no interior não tem!

Só falta coragem de decidir… De toda forma, vamos ficar até o fim do ano por aqui… Pelo menos até o More ganhar férias… E daí quem sabe a gente consiga decidir…!

Cada dia pensamos mais na possibilidade de nos mudarmos… Mas e o incerto?!
Tem aquele ditado: “não se mexe em time que tá ganhando”… E justo agora que a gente está super bem, porque mudar?
E também ao mesmo tempo pode ser agora a hora de mudar, temos família e não temos nada que nos prenda aqui, somos só eu e o More!

O que fazer?

Comentários!
  1. Michelle (Responder)
    08/11/2011

    Mudar sempre é complicado! Mas, as vezes boas surpresas podem surgir com elas. Eu passei por algo bem parecido com o seu caso; e, resolvi mudar. Hoje, minha vida é mil vezes mais difícil, mas sou infinitamente mais feliz assim. (:

    • Mari (Responder)
      08/11/2011

      Mic, esse é o maior problema… Já mudamos uma vez e nos ferramos! Hahaha!
      Não queria mudar e me ferrar de novo sabe? Agora que parece que tá “tudo dando certo”! Rsrsrsrs!

  2. Bom, parece que os prós são maiores e melhores que os contras. Acredito que na profissão de vocês trabalhar em casa seja cada vez mais, uma grande oportunidade.
    Eu não trocaria meu apêzin por uma casa hoje porque ainda fico sozinha por uns 4 dias a cada tempo, e aqui, apesar de interior, dá medo de ser mulher/sozinha/em casa. Mas como vocês vão estar juntos, vão poder ter uma vida mais gostosa, mais tranquila eu super apóio! E quando vê aparece até shopping por lá Mari! Em Chapecó depois de 20 anos de projetos de shopping, temos um DIGNO agora, apesar de não ter cinema ainda #chora.

    Adorei a idéia da horta… E eu adoraria poder ver o Otto correndo pelo pátio e não debruçado na sacada…
    Pensa assim: “tudo o que eu necessito vem a mim”. Tudo se resolve. Beijos!

    • Mari (Responder)
      09/11/2011

      Mari!
      E em Venâncio tem cinema mas não tem shopping! Rsrsrsrsrs! É hiper pequeno e só passa filme atrasado! Rsrrsrss!
      E concordo com você, no ponto de segurança, morar em apto é muito mais seguro, ainda mais que você fica sozinha muitos dias… Eu só fico durante o dia!

      Horta é tudo de bom, na nossa antiga casa a gente tinha uma, e era demais estar fazendo o almoço e poder is buscar tempero fresquinho… É, acho que estou ficando “véia” com essas vontade todas! Hahahaha!

  3. Oi Mari!
    Primeiramente vou “tentar” deixar de lado o aperto no coração que me dá só de ouvir falar de vc ir embora pra longe.
    Enfim, mudar é uma decisão muito difícil mesmo. Confesso que eu detesto mudanças, em todos os sentidos. Também penso em tudo que vc e o teu more estão pensando, em todos os “ses” que uma decisão ou outra poderá acarretar. Porém, o maior problema disso tudo é que… Você não tem como saber se vai dar certo! Mudar de cidade, de emprego, é sempre um “passo no escuro”. Tem 50% de chances de dar certo e 50% de dar errado.
    MAS, mesmo sendo uma pessoa que odeia mudanças, aprendi que, se não nos permitirmos dar esses “passos no escuro” ficaremos para sempre no mesmo lugar, parados no tempo… Dar-se a chance para evoluir, por si só, já é uma coisa boa. Nada nessa vida é um “caminho sem volta”.

    • Mari (Responder)
      09/11/2011

      Re,
      Então, não vai ser tão longe assim… Duas horas de viagem e você já estaria lá! Rsrsrsrs!
      E acha que não pensei em vocês pegarem o bus sábado cedinho e More e eu pegarmos vocês na rodoviária e vocês almoçarem com nós e a gente tirar foto das bonecas no pátio? Rsrsrsrs!
      Daria pra fazer encontrinhos mais dignos! Digo, não precisariam almoçar na tábua de passar roupas! Hhaahahahha!

      E juro que tentei gostar daqui, mas tá difícil, nada ajuda! Rsrsrsrs! E acho que tô ficando idosa e rabujenta, quero casa! Rsrsrsrs!

  4. Tamara (Responder)
    08/11/2011

    Eu acho que mais do que tudo, mudar envolve adaptações. Talvez agora esteja tudo bem porque vocês se adaptaram a varias coisas.
    Mudar é sempre bom, mas você tem que estar disposta a isso, é muito diferente quando acontece por escolha e quando acontece por obrigação.
    Eu penso assim: a vida é uma só, se seu sonho é morar em uma casa com quintal gramado, vai viver isso, se as coisas não derem tão certo pelo menos vocês tentaram, pelo menos você soube como é ter isso.
    Eu sonhava com uma casa minha, com os cômodos do meu jeito, com quintal gramado, com um closet… Nós abrimos mão de várias coisas, mas tivemos a nossa casinha dos sonhos e fomos muito felizes com ela por um tempo, mas passou. A gente muda e as prioridades mudam também. Tenho certeza que se não tivesse, hoje ao invés de curtir morar num apezinho pequeno, provavelmente eu ia achar que só ia ser feliz com essa casa dos sonhos.
    =*

    • Mari (Responder)
      09/11/2011

      Tami,
      Agora você falou uma coisa que não tinha me dado conta… Agora está tudo “indo bem” pois realmente nos adaptamos a viver aqui… Pois se me lembro bem no ínicio, a coisa foi feia! Hahaha!
      E temos mesmo que aproveitar a vida pois ela é uma só e é muito curta… Tou vendo que a gente não vai escapar dessa mudança mesmo! :P

  5. Bruna (Responder)
    09/11/2011

    Olha Mari, palavra de quem já se mudou de casa 3 vezes no último ano: acho válido.

    Digo, agora que não é mais só aluguel, o apartamento de vocês é um investimento e o dinheiro está ali para vocês fazerem o que quiserem. Com certeza dá pra vender e comprar uma casa muito linda no interior. E se enjoar, vender a casa lá e comprar em outro lugar aqui.

    Eu voltei de Santa Cruz querendo me mudar pra lá! Haha Chegamos a procurar casas pra alugar e vender. Aliás, já pensaram em deixar o apê de vocês alugando aí em Esteio e morar de aluguel numa casa lá só pra ver como é? Como um teste mesmo, numa dessas vocês descobrem que é exatamente o que estava faltando, ou então que tudo estava melhor na imaginação, mas a realidade é diferente.

    A única coisa que não gostei lá foi de ver as ruas totalmente vazias de noite. Pessoal dorme cedo, não se escuta nem o som da TV nas casas!

    Mas fora isso, achei ótimo! Tem várias lojas super boas, supermercado também (Big, Nacional, Miller) quebram um galhão. Só não tem cinema, mas aí vocês compram uma senhora televisão pra sala e baixam os filmes pra ver em casa! Haha Eu faria isso!

    Uma coisa é certa: é possível mudar sempre! Nos dois sentidos, não apenas em um só.

    Beijos!!

    • Mari (Responder)
      09/11/2011

      Bru!
      Lá em Sta Cruz o cinema é no “super shopping”, você chegaram a visitar ele?
      Não sei onde se hospedaram, mas o pessoal se encontra a noite em uma única rua, o barulho se concentra todo lá… É perto do “imigrantes”, não sei se conheceram lá também!
      Eu acho a cidade linda, mas se a gente se mudar, vai ser para Venâncio Aires, fica a 30 minutos de Sta Cruz… É super perto!

      Pois é, pensamos em deixar aqui alugado, o problema só é que daí não teríamos grana pra “reformar” a cada nova! Rsrsrsrsrs!
      Dúvida cruel! Hahahahaha!

  6. Nossa Mari entendo seu dilema, pois eu já morei em interior e hoje moro em São Paulo, não tem comparação a qualidade de vida no interior e se vcs gostam de lá porque não né?
    Eu particularmente AMOOOO morar na capital apesar dos pesares!!!!
    É só colocar numa balança os prós e os contras para vcs e aí no final ganha a cidade que tiver mais pros rsrsr #ficaadica!!!!
    E sabe o mais importante para mim sinceramente não é o lugar e sim o que a gente leva dentro da gente isso é que tem que tar em ordem o resto o exterior vai ficar tudo bem se o interior estiver bem!
    Bjusss

  7. Olha, nem tenho muito o que acrescentar a você, nunca mudei de casa, moro na Grande São Paulo, mas meu sonho mesmo é morar ao menos um ano no interior, essa coisa de uma casinha com espaço, flores e tudo (até suspiro).

    Eu acho que tudo é questão de adaptar-se, a tudo nos acostumamos, coisas boas ou ruin. Não sei você, mas eu sou do tipo, que quando começa a pensar em um assunto, não sossego mais.
    Seja qual for sua decisão, Boa Sorte.
    =*

  8. Ow querida o medo de nós arrepender e tão ruim né? Eu também sonho com uma vidinha de interior… Sonho em morar em um sitío com muito verde, no meu caso, moro em Aracaju – SE e o custo de vida aqui é barato e os interiores são razoavelmente pertinhos já que somos o estado mais mini do Brasil rs~ então daria para morar em sitio. Ano que vem mudo para São Cristovão, cidade vizinha… Menos de 20min. de ônibus.
    Pense bem suas escolhas e veja o que é melhor para você e seu noivo, afinal o arrependimento pode vir mas a familia tá ali bem juntinho para apoiar caso a tristeza bata a pota. Boa sorte!

  9. Priscila (Responder)
    02/12/2011

    Oi Mari! Navegando pela net encontrei seu blog e quando lí esse post, me identifiquei incrivelmente com ele, porque eu acabei de passar por isso que vcs estão passado e nós decidimos voltar pra minha cidade natal e ficamros perto de minha família (a familía de meu noivo é do ES, e como sabemos é vizinho a Bahia – vamos pra Bahia). Nós ainda não moramos juntos, mas com a mudança, vamos morar juntos e estamos na maior correria pra preparar as coisas, estou me desfazendo do meu apê e ele da república dele, e eu estou indo um pouco antes pra encontrar apê e etc, enquanto ele termina as provas do doutorado. Escreví um post sobre isso no meu blog. Medo, a gente vai ter sempre. Tudo que é novo e desconhecido nos dá medo, porque não podemos controlar. Mas parece que vc mesma já encontrou a sua resposta sobre essa possivel mudança. Vc escreveu ela o tempo inteiro neste post. Sucesso pra vc. Que tudo dê certo.
    Abçs