A Cirurgia – Parte II

03/10/2011

Dando continuidade ao post anterior sobre a cirurgia…

NA SALA DE RECUPERAÇÃO

Eu lembro de ter acordado, mas não conseguia abrir os olhos ainda, só sentia as pessoas mexendo em mim, medindo pressão, colocando oxigênio, injetando remédios e falando muito. Você tem a sensação que está em dois mundos diferentes ao mesmo tempo. É super doido. Eu sentia tudo, mas não conseguia fazer nada. E sentia MUITA dor na barriga.
Elas falavam comigo, dizendo que tinha dado tudo certo e que eu estava na sala de recuperação já, mas eu não conseguia responder.

Depois eu acordei de novo, desta vez consegui abrir os olhos e tinha uma enfermeira medindo minha pressão, ela perguntou se eu estava bem, consegui responder que estava com muita dor… Ela avisou outra enfermeira e injetaram tramal, na mesma hora avisei que iria vômitar e foi, 3 jatos líquidos e amarelos! Hahaha! Gosto HIPER amargo! Nessa hora eu já tinha perdido todo o meu gramour, pois meus cabelos estavam vomitados e eu só ficava pedido desculpas para a enfermeira!

Neste meio tempo, elas me avisaram que eu precisava fazer xixi. Pois estava com a bexiga inchada.
E cadê vontade?

Dormi por umas duas horas direto e acordei com uma vontade absurda de ir ao banheiro e nesta mesma hora entrei em pânico. Além de não fazer idéia de como iria (pois simplesmente não conseguia me mexer de tanta dor), erm, eu estava naqueles dias! :P

Foi aí que perdi toda a dignidade e conheci a “comadre“…!

Gente, se tem uma enfermeira que vai direto pro céu é essa que cuidou de mim nas primeiras horas… Que pessoa mais maravilhosa!
Eu estava vomitando e ela no meu lado dizendo que não tinha problema, eu lavando os cabelos de vomito e ela me segurando… Colocou a comadre em mim e nada de eu conseguir fazer xixi…

Isso é outra coisa doida, eu estava com a bexiga doendo de tanta vontade e não conseguia fazer! Ela foi até a pia e ligou a água bem forte pra ver se me ajudava! Rsrsrsrs! Mesmo assim não deu.
Até que outra enfermeira resolveu subir a parte de trás da minha cama… Foi algo automático, fiz xixi na mesma hora.

E depois disso, fiz xixi mais 875425 de vezes! Hahaha! Sem dignidade, claro.

Após esses episódios de perda de gramour não consegui mais dormir e ficava olhando o relógio o tempo todo… Estava louca pra ir para o quarto ver o More e meus pais… O tempo simplesmente não passava! Você passa cerca de 4 horas nessa sala.

Depois disso chegou a enfermeira chefe, fez mil perguntas e liberou as meninas para me levarem para o quarto. Tive que trocar de cama, esse hora é dureza, pois parece que seus pontos vão rasgar!

Na hora que você está indo para o quarto é algo super divertido! Hahaha! A melhor parte do dia posso dizer…! Quando estava chegando, só vi o More com o sorriso mais lindo do mundo de um lado do corredor e do outro lado o meu pai, todo ansioso! E chegando no quarto, a minha mãe! Foi tão legal ter eles lá me esperando! <3 Ainda brinquei dizendo pra cancelarem meu testamento, pois ainda não tinha sido dessa vez! :P NO QUARTO

Quando deitei na cama do quarto ainda sentia dor, desconforto e estava meio nauseada e tonta.
Mas não posso reclamar, a minha cama era ótima e todo mundo que cuidou de mim era 10!
*tira o controle da mão do pai que ficava subindo e descendo a cama pra me zoar*

Entre a chegada no hospital e a ida para o quarto eu tinha “tomado” muito soro! Muito mesmo!
Eu estava toda inchada… De noite, tive até que tirar a aliança do dedo!

E o problema maior fica por conta dos gases… Pois é… Você precisa “soltar muito pum”… Mas eu simplesmente não conseguia!
Se eu tivesse em casa, não seria problema! Hahahaha!

A minha barriga foi inchando de uma forma que parecia que eu tinha 9 meses (erm, ela já parece assim todos os dias hahaha), mas a sensação era de que se alguém espetasse uma agulha eu iria explodir! Hahaha! E eu tinha muita falta de ar também, tive que fazer nebulização várias vezes.

A enfermeira comentou que eu precisava tentar me mexer um pouco, tentar caminhar, pra ver se melhorava… Mas eu não consegui nem sentar na cama… As primeiras refeições tive que fazer deitada, pois doía muito!

E vou confessar, fiquei feliz da vida quando consegui soltar o primeiro pum! Hahahaha! #vergonhamodeon
A sensação é de que, a cada pum que você solta, sua barriga vai esvaziando! :P

Bolotão:

A pior parte é ir ao banheiro, no primeiro dia usei a comadre… Mas no segundo dia, pedi pro More me ajudar, a primeira vez que levantei da cama fiquei super tonta, e você tem a sensação que sua barriga vai explodir e vai sair tudo pelos buraquinhos… Haha! É super dolorido e trabalhoso. Sem contar que você fica super inútil né? Não consegue nem se limpar sozinha! #semdignidade

ALIMENTAÇÃO

Depois de falar de pum e de banheiro… Vamos falar de comida! Hahahaha!

O que eu mais temia era ter de comer sopa por alguns dias (odeio sopa) ou então, ficar só no líquido! Comida de hospital nunca teve boa fama né? Mas levei bem na cara quando pensei isso!

Um pouco depois de chegar no quarto a enfermeira entrou e perguntou se eu preferia sopa ou comida para o jantar. E se a noite eu preferia chá ou café com leite… Oi? Café? Comida?
Nem precisei pensar pra responder! :P

E logo depois ela voltou com um chá super quentinho e com bolachas! Delícia. E todas as refeições eu podia sempre escolher o que queria comer! Isso foi TUDO de bom!
Lógico que frituras e alimentos muito gordurosos precisam ficar longe de mim por pelo menos 1 mês, mas isso é o de menos… Não preciso comer sopa! :P

VOLTA PRA CASA

O meu médico me trolou legal! Eu primeiro achei que teria alta no mesmo dia, a noite. Mas não. Acabei dormindo no hospital pois ainda não conseguia nem levantar. Muito menos subir 2 andares de escada!

No outro dia de manhã, as 8hs estava a postos, achando que ele viria me liberar! Hahahah! Que nada! Mas quando ele abriu a porta do quarto as 14hs eu dei um sorriso gigante! Hueheueheueh! E o More também!

Eu ainda estava com muita dor, com falta de ar, mas queria vir pra casa logo… Caminhar até o carro e subir 2 lances de escada foi como correr uma maratona de 10km! Super cansativo e dolorido. #sobrevivi

A recomendação era simples. Sem frituras ou alimentos gordurosos, sem esforço físico, repouso, e era preciso limpar todo dia os pontos com soro e gaze. E em 10 dias poderia tirar os pontos.

FINALIZANDO

Tenho consulta amanhã, as 15hs, para tirar os pontos. Eu só consegui olhar pra eles no sábado! Estava morrendo de medo! Enquanto isso o More fazia a limpeza e trocava os curativos…
Eu ficava de olhos fechados! Hahahaha!

Foi bem dura a semana, devo confessar… Não tem como ficar sozinha… Você não consegue nem levantar!
Minha sorte é que o More conseguiu adiantar 1 semana de férias e fez simplesmente TUDO! Eu devo dizer que sou a pessoa mais sortuda do mundo por ter ele ao meu lado…!?

Tarefas simples como trocar de roupa, tomar banho, se abaixar, levantar e deitar ficam impossíveis de fazer sozinha.

Passei a maior parte do tempo deitada… O problema é que chega uma hora que você cansa de deitar! E o pior é poder deitar só de barriga pra cima! Ando com uma vontade DOIDA de dormir de lado que vocês não imaginam! As últimas noites eu dormi no cansaço, pois nenhuma posição que você consegue de barriga pra cima é boa mais.

Eu poderia dormir virada para a esquerda, mas tive uma Meralgia Parestésica (que conto em outro post) por conta da faixa que amararam nas minhas pernas e isso dificultou 300% o deitar e o domir.

Quanto as pedras na vesícula, elas eram ENORMES e nojentinhas.
(Só clique na foto abaixo se quiser ver coisa nojenta! :P)

Agora que eu estou “quase” recuperada posso dizer que a cirurgia vale a pena! Só em pensar em não sentir mais aquelas dores já é uma grande coisa…
Mas se você me perguntasse no dia em que voltei para o quarto no hospital, eu teria dito pra nunca fazer ela! :P

Eu dei muita sorte pois só tive pessoas super copetentes durante todo o processo! Queria poder agradecer um por um novamente, pois ter pessoas boas nessa hora faz TODA a diferença pra você se sentir segura.
Pode parecer meio puxa saco isso, mas sei lá, nunca é demais agradecer as pessoas que cuidaram da sua vida… Se eu tivesse pegado um médico ou um anestesista bostão por exemplo, talvez nem tivesse aqui agora escrevendo essas bobagens! :P

E um OBRIGADA mais do que especial e do fundo do meu coração para o More, a pessoa mais maravilhosa que eu conheço! Ele foi até o inferno me cuidando essa semana! Hahaha!
Acho que até ficou feliz hoje, quando voltou a trabalhar! :P Te amo berno!

E mais um OBRIGADA para todas as amigas que desejaram sorte e torceram por mim!
Saiba que algumas de vocês estavam no meu testamento! Hahahaha!
Tenho várias “filhas de plástico” e tinha deixado tudo explicado para o More… Sobre o que fazer e para quem dar, caso eu tivesse um piripaque! Hahahaha!

Tou louca? Vou terminar contando que fiz um .txt com todos meus logins e senhas de acesso, para o More continuar os meus trabalhos e projetos! E que cada dia na semana antes da cirurgia eu acordava e pensava… Essa é minha última segunda… Essa é minha última terça… #eutavasurtadamesmoeachandoqueiamorrer!

Comentários!
  1. HAHAHAHA, ri muito com esse post!
    Os puns, o “sem dignidade” o “testamento” hahahah… Só vc mesmo!
    Mas enfim, o pior já passou \o/ e logo vamos fazer um super encontrinho com direito a almoço no Burger King… HAHAHAHAH!

  2. Nathalia (Responder)
    03/10/2011

    Que bom que tudo passou Mari!! Ri bastante com seus momentos dignidade mode off :P
    Minha mãe tbm fez essa cirurgia mas suas pedras são beeem maiores!
    Imagino a dor que vc sentiu, graças a Deus acabou né!
    Vc vai ver que as cicatrizes que ficam são praticamente imperceptíveis ;)
    Beijinho

  3. Cris (Responder)
    03/10/2011

    Menina! Essas pedras são enormes!
    Eu quase morri com UMA de apenas 5mm, e vc com esse montão?!
    Rolei de rir com o “sem dignidade” hahaha
    Beijão =*

  4. Fala sério, testamento com tudo certinho das meninas?! Só vc Mari!
    Fiquei com a minha mãe no dia que ela fez a cirurgia na coluna, ela teve o mesmo problema pra fazer xixi…e não conseguiu de jeito nenhum, teve que passar a sonda, totalmente #semdignidade, não tinha enfermeira, só enfermeirO.
    Agora é só se cuidar bem, aproveitar os mimos de ficar de molho e depois, vida nova sem dores!

    Tudo de bom Mari!! Beijos

  5. Li Garone (Responder)
    03/10/2011

    No momento de acordar tb não tive sensações surreais :( As 4hs q vc ficou na sala de recuperação vomitando e fazendo xixi, eu passei dormindo.. rsrs qnd eu acordei, vomitei 1x e em seguida me mandaram para o quarto… o meu era coletivo, meio tenso… Vomitei outras varias vezes ali mesmo, e o pior, tinha q ser em cima de mim… As enfermeiras colocavam um lençol no meu pescoço só pra vomitar e me largavam la :P
    Graças a Deus eu não “inflei” e não tive falta de ar… Tb foi dificil para usar a comadre a 1ª vez… Estranho não? ahiauahi eu pensava q ia ficar toda molhada ali >..<
    E viva para nós! Q passamos por momentos dignidade 0 e sobrevivemos!! \o/ Beijos!

  6. Bruna (Responder)
    04/10/2011

    Eu li a primeira metade desse post antes de sair do trabalho, e no ônibus vim pensando “certeza que a Mari orientou o Marcio do que fazer com as bonecas caso ela não voltasse da cirurgia” HAHAHA Daí agora leio teu último parágrafo! HAHAHAHA Aiiiii, Mari! hahahaha Eu fiz isso também antes de viajar de avião pela primeira vez hahahaha VAI QUE NÉ… *bate na madeira*
    Putz, comadre é dose! Mas vou te dizer, eu acho que é totalmente psicológico não conseguir fazer xixi, porque a gente SABE que o xixi vai fazer barulho naquela tigela e todos vão tá ali contigo né hahaha E eu morria de medo de ficar toda mijada, de ficar escorrendo pela minha coxa hahaha Ah, mas você já tava vomitada né.. hahahaha Aieeee, que horror! Nossa, ainda beeeem que você tem o More! Realmente, e não é simplesmente por ter alguém… é porque ele te ama muito, tem paciência e carinho por você!
    Acho que depois que tirar os pontos vai ser bem melhor, né? Sem aquela sensação de que as coisas ainda são provisórias.. sei lá!
    Beijos!

  7. Tamara (Responder)
    04/10/2011

    Vou agradecer todos os dias por nunca ter feito uma cirurgia #tenso.
    Minha mãe fez uma cirurgia a pouco tempo e deixou senhas de contas comigo e disse para qual das filhas era pra ficar algumas coisas huahauhua acho que é normal esse medo de não acordar da anestesia.
    Agora testamento das bonecas eu já tenho. Acho que não sou normal, fico pensando nessas coisas. Outra coisa que sempre penso é em caso de incêndio o que eu levaria e como ia fazer pra carregar yuri, bonecas, câmera e computador (só o essencial) #aloka
    Seu more é de ouro, muito bonito ver o carinho que ele tem com você.
    Se cuida e fica boa logo :)

  8. Juhnior (Responder)
    04/10/2011

    Oi Mari !
    Minha primeira vez por aqui e adorei o seu blog, muito lindo !! Agora sobre o seu post…

    Lendo os seus dois posts sobre a cirurgia e acabei lembrando da minha mãe, ela fez essa mesma cirurgia a uns dois anos atrás. A dela não foi tão tranquila quanto a sua, minha mãe tem pressão alta e a pressão subiu na hora da operação , foi moh dor de cabeça, mais ficou tudo bem. A parte engraçada era a recuperação, ela passou pelas mesmas coisas que você, acho hoje ela se sente envergonhada com tudo, mais leva tudo na brincadeira.

    Espero que a sua recuperação seja rápida e indolor !!

    Mil beijos !!

  9. Tatiane Almeida (Responder)
    21/01/2012

    Oi Mari!
    Desculpe a invasão aqui no seu blog mas lendo o seu post parece que estava lendo a minha própria experiência! Rsrsrs é incrível! Eu também estava neurótica antes da cirurgia, já tinha me “despedido” do bem, do cachorro e até dos móveis da casa de tanto medo que eu estava… Rs, posso dizer que tirando os momentos “dignidade zero” na recuperação anestésica (comadre, absorvente pois tb estava naqueles dias, puns etc), a experiência foi menos pior do que eu imaginei… Agora estou me preparando para retirar os pontos, e é óbvio que já dei uma lida no seu post sobre isso pra me tranquilizar mais rsrs. Um beijo.

    • Mari (Responder)
      23/01/2012

      Tatiane,
      Vai tranquila tirar os pontos pois a gente nem sente nada! :)

  10. Paula (Responder)
    12/09/2012

    Ahhhh você tem que ficar pelada por baixo do avental? E na hora da cirurgia?
    Beijos.

    • Mari (Responder)
      12/09/2012

      Paula,
      Sim! :(
      Quando fui pra sala, estava com cobertor por cima pois estava frio, depois quando eles começam, tiram, mas acredito que “as partes” rsrs eles deixam cobertas – espero.